Assine nossa newsletter e receba todas as novidades em primeira mão!

ILHA DO MEL/PR: Um dia na Praia das Encantadas!

A Praia das Encantadas, na Ilha do Mel, é daqueles lugares em que até seu espírito desacelera. Onde não cabem carros, correria, muito menos estresse. Por lá, só paz, amor e mar.

 

Estava passeando por Curitiba quando decidi comprar uma passagem de ônibus para conhecer a Ilha do Mel (veja aqui como chegar por conta própria).

Chegando lá, antes da travessia de barco para a ilha, tiver que decidir: Brasília ou Encantadas? Optei pelas Encantadas e vou contar o que você pode curtir por lá!

o que fazer na ilha do mel

Praia das Encantadas – Ilha do Mel | Foto: Cris Andrade

Desembarcando na Ilha já dá para avistar a Capelinha Nossa Senhora de Fátima. Uma graça! Do ladinho dela está o quiosque de informação turística. Pegue seu mapa, tire suas dúvidas e vá explorar.

o que fazer na ilha do mel

Capelinha Ilha do Mel | Foto: Cris Andrade

 

Como ia ficar pouco tempo, larguei a bagagem e fui fazer a trilha para conhecer a famosa Gruta das Encantadas

o que fazer na ilha do mel

Trilha para Gruta das Encantadas | Foto: Cris Andrade

A trilha para chegar até a gruta é bem curtinha. Deve levar uns vinte minutos, alternando entre um visual super verde e algumas construções de madeira  com cores vibrantes.

o que fazer na ilha do mel

Ilha do Mel | Foto: Cris Andrade

o que fazer na ilha do mel

Ilha do Mel | Foto: Cris Andrade

Rapidinho chegamos à Gruta da Encantadas. De longe já avistamos a fendas e as formações que compõe toda a beleza do que seria uma simples praia.

Por dentro, a gruta é super estreitinha e, a depender da maré, estará cheia de água, fique atento!

o que fazer na ilha do mel

Gruta das Encantadas | Foto: Cris Andrade

Depois da caminhada, fiquei por lá mesmo, tomando um sol e curtindo a paisagem. A Ilha do Mel tem aproximadamente 35 km de praia. É muito para explorar e tem pra todo gosto, deserta, movimentada, pra surf etc. 

 

Infelizmente não conheci a praia de Brasília porque cheguei num dia, por volta de meio-dia, e voltei pra Curitiba no finalzinho da tarde do dia seguinte. Praticamente um bate e volta.

o que fazer na ilha do mel

Ilha do Mel | Foto: Cris Andrade

Contudo, meu conselho é que você fique na Ilha do Mel uns dois dias inteiros, pra dar tempo conhecer Brasília, fazer outras trilhas, ir ao Farol das Conchas (5,7km das Encantadas) e conhecer a Fortaleza Nossa Senhora dos Prazeres (8,8km das Encantadas).


DICAS VC

– O primeiro barco parte da ilha por volta das 8h. Então, atenção com o horário do ônibus da volta;

– Não é permitido levar seu pet;

– Leve repelente e protetor solar;

– Tenha uma lanterna em mãos. Só há iluminação nas residências. Não há iluminação pública;

– Sempre pergunte se o estabelecimento aceita cartão. Lá não tem serviço bancário, então, por segurança, é melhor levar uma grana em espécie;

– Não há farmácias. Não esqueça de levar seus medicamentos, sobretudo de uso habitual;

– Há alguns pequenos mercados. Os preços são salgados em relação a tudo;

– Não leve muita bagagem, pois o transporte é difícil, já que não entra carro na ilha e não há calçamento. No ponto de embarque há alguns locais que oferecem o serviço de transporte da sua bagagem até a hospedagem.


+ DE CURITIBA  e ILHA DO MEL

Ilha do Mel/PR: como chegar saindo de Curitiba!

Linha Turismo de Curitiba: Usar ou não usar?

Onde se hospedar em Curitiba!

Jardim Botânico de Curitiba: conheça o cartão postal da cidade!

O que conhecer em Curitiba? 10 lugares que devem estar na sua lista!

Turismo em Curitiba: dicas espertas para aproveitar (bem) a cidade!


HOSPEDAGEM NA ILHA DO MEL

Achei muito boa a oferta de hospedagem na Ilha do Mel. Há opções para todos os gostos, hostels, pousadas mais simples e outras mais arrumadinhas. Entre elas, deixamos as seguintes sugestões para você (com a respectiva nota dos usuários do booking): Malie Chalés (9,2), Pousada Paraíso (8,7) e Villa dos Pássaros (9,4).

onde ficar na ilha do mel

Malie Chalés | Foto Divulgação

Dá uma olhada no booking para você ter uma ideia dos valores e das avaliações de quem já hospedou ou para escolher outras opções.


Siga nossas redes
FACEBOOK | INSTAGRAM
PINTEREST | TWITTER


Imagem para salvar no Pinterest!


Foto Capa | Cris Andrade

signature
24 Comentários
  • Vanessa Nascimento
    dezembro 13, 2017

    Tem alguma dica de restaurante por lá?

  • Simone
    outubro 26, 2017

    Gostaria de dicas de pousadas para ficar na ilha

  • Marina
    junho 12, 2017

    Qto tempo de viagem indo de ônibus, saindo da rodoviária até ao local de embarcação? E qto tempo de barco até a ilha?

  • Edson Jr
    maio 12, 2017

    Não conheço a ilha ainda, mas que saudade de ter uma viagem de verão, ver mar, praia e sol.

  • Rafaella
    maio 6, 2017

    Ilha maravilhosa!!! saudades!

  • itamarjapa
    maio 5, 2017

    Que show! Teve um tempo em que eu ia todo final de semana pra ilha… Que saudade boa que deu! 🙂

  • Cleber Yamamoto
    maio 5, 2017

    Ainda não conheço a Ilha do Mel, mas só de ler o post já coloquei na minha lista. Ótimas dicas! Obrigado por compartilhar

  • Marlise
    maio 4, 2017

    Oiii, nossa, faz tanto tempo que fui aí que estou planejando voltar. Qual é a época em que o tempo ainda está bom mas a praia está menos cheia de turistas?
    Abs, Marlise

    • Viajante Comum
      maio 4, 2017

      Fora de férias e feriadões. Mas, de toda forma, eles fazem um controle rigoroso de acesso, então, nunca estará ‘insuportável’! Beijinhos!

  • Fabiane Bastos
    maio 4, 2017

    As ilhas e todo seu charme, mais uma para minha lista! Bela dica, obrigada!

  • Keul Fortes Ana Raquel
    maio 4, 2017

    Que praia linda! Fiquei com vontade de turistar por aí. Bom saber que dá para fazer um bate e volta de Curitiba. =)

    • Viajante Comum
      maio 23, 2017

      Dá sim, Keul! Estando por Curitiba uns dias, um pulinho lá vai ser legal! Beijos!

  • fabianaoliv
    maio 4, 2017

    Confesso que não morro de amores por camping ou hostel. Mas fiquei com vontade de conhecer a ilha. <3
    Parabéns pelo post.

  • polianacardozo
    maio 4, 2017

    Ai gente, não tem jeito de eu ter simpatia pela Ilha, estive lá há anos e detestei tanto que nunca mais me animei a voltar.
    Mas é sempre bom saber que ela continua sendo apreciada pelos visitantes em geral 😉

    • Viajante Comum
      maio 4, 2017

      Você já havia comentado isso…rs… É assim mesmo… acontece com a gente em relação a outros lugares também! 🙂

  • abordodomundo
    maio 4, 2017

    Que legal. a Ilha do Mel está na minha lista! Obrigada por compartilhar.

Comente aqui!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *