Assine nossa newsletter e receba todas as novidades em primeira mão!

Já pra cozinha! Receita da Moqueca Capixaba do Restaurante Gaeta!

Impossível falar de viagem e não falar de seus sabores. Certeza que você já perdeu as contas de quantas vezes um destino deixou um cheiro ou um sabor na sua lembrança! E, na nossa visita ao Espírito Santo, não foi diferente, sobretudo em relação à Moqueca Capixaba que junto com a Torta Capixaba ocupa lugar de destaque na gastronomia do estado.

Moqueca Capixaba Gaeta

A influência mais marcante na execução desse prato, foi, sem dúvida, a indígena. Com o passar dos tempos, algumas mudanças foram incorporadas mas a essência do prato permanece até hoje!

A PANELA DE BARRO

Falar de Moqueca Capixaba e não falar da panela de barro é praticamente impossível. Desde os indígenas, a utilização da panela de barro na preparação da moqueca é essencial. No Espírito Santo, inclusive, a fabricação das panelas de barro de Goiabeiras (modeladas manualmente), foi alçada a Patrimônio Cultural Brasileiro pelo IPHAN.

Massss…. chega de conversa mole e vamos ao que interessa! O preparo da Moqueca Capixaba! Já aviso que recebi essa receita das mãos  do mestre Nhozinho Matos.

RECEITA DA MOQUECA CAPIXABA

Ingredientes

– 2 kg de peixe fresco (robalo, badejo ou dourado);
– 03 a 04 maços de coentro;
– 04 maços de cebolinha verde;
– 02 cebolas brancas;
– 05 tomates maduros;
– 02 limões;
– Urucum ou coloral;
– Azeite doce;
– Sal a gosto;

Modo de Preparo
  • Limpe bem o peixe, corte-o em postas e deixe-o em uma vasilha com sal e o molho de um limão. Conserve assim por pelo menos uma hora.
  • Separe a cabeça do peixe para o pirão.
  • Utilizando uma panela de barro grande, coloque: 2 colheres de óleo, uma de azeite doce, cebola verde, cebola branca, coentro (tudo bem picadinho), tomates (que podem ser picados em rodelas) e colorau.
  • Em seguida arrume as postas do peixe e repita a camada de temperos picados.
  • Não adicione água ou sal.
  • Cozinhe em fogo brando e quando abrir a fervura, coloque poucas gotas de limão.
  • Não espere ferver, caso contrário, o peixe endurece.
  • Tampe, espere cozinhar por 10 minutos e experimente o sal.
  • Para o pirão o processo é o mesmo. Depois de cozida a cabeça, acrescente água fervendo e deixe que a carne cozinhe até quase desmanchar.

DIFERENÇA DA MOQUECA CAPIXABA PARA A MOQUECA BAIANA

A diferença essencial, e que torna a Moqueca Capixaba mais leve, é que ela não leva leite de coco nem dendê, ingredientes marcantes no preparo da moqueca baiana que tem sabor mais forte e mais apimentado. O cozimento na panela de barro também faz toda a diferença pois suaviza o sabor de alguns ingredientes durante o cozimento.

HISTÓRIA DO NHOZINHO MATOS

Desde 1966 na administração do Restaurante Gaeta, o fazedor de moquecas, Nhozinho Matos e dona Idalina, estão sempre pelos corredores do estabelecimento, dando atenção aos seus clientes e acompanhando tudo de pertinho.

Em 2006, essa paixão teve reconhecimento oficial, quando a Confraria da Moqueca Capixaba, presidida pelo jornalista José Carlos Monjardim (autor da frase “Moqueca, só capixaba; O resto é peixada”) recebeu o título de Moquequeiro Juramentado.

Nhozinho Matos Torta Capixaba

Nhozinho Matos e a Torta Capixaba

Um título simbólico mas que deu muito orgulho ao sr. Nhozinho que tem em seu restaurante o título estampado em lugar de destaque! 

Moqueca Capixaba Nhozinho Matos

E, com água na boca, ficamos por aqui, torcendo para que você faça a receita da Moqueca Capixaba e nos convide para degustarmos juntos! Rs…

Lembrando que dia 30 de setembro é o dia da Moqueca Capixaba mas lá no Restaurante Gaeta é todo santo dia! Então, estando pelas bandas da praia do Meaípe em Guarapari, no Espírito Santo, dá uma passadinha lá! Moqueca maravilhosa e vista top eu garanto que você vai ter! 

Meaipe Guarapari

Praia de Meaípe – Guarapari

Beijocas!

LEIA TAMBÉM:

ESPÍRITO SANTO: Onde se hospedar em Vitória!

ESPÍRITO SANTO: 5 (grandes) motivos para você explorar Anchieta!

ESPÍRITO SANTO: TOP 10 – Pratos da gastronomia capixaba que você tem que provar!

FACEBOOK | INSTAGRAM | PINTEREST | viajante-comum

Quer saber mais sobre nós? Clique aqui!

* Almoçamos no Restaurante Gaeta, na praia de Meaípe (Guarapari), em virtude do Encontro dos Blogueiros de Viagem ‘Pocando no ES’ 2.

https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif

24 Responses
  • Patricia
    abril 17, 2017

    Quero!!!!
    Saudades dessa comilança sem fim!

  • Giovana
    abril 16, 2017

    Delícia de post!!! AMEI a receita da moqueca!

  • Amilton
    abril 15, 2017

    Hum, que delicia! Deu água na boca aqui e vontade de saborear essa delicia! Abs

  • ANA CAROLINA BARBOSA
    abril 15, 2017

    Da próxima vez, eu faço para você! 🙂

  • Sofia
    abril 15, 2017

    Duvido que a minha fique tão boa mas vou tentar reproduzir a receita em casa.

  • espiandopelomundo
    abril 15, 2017

    Já vistei o estado e (não sei porque cargas d´água) não experimentei a famosa moqueca capixaba! Preciso reparar este erro!
    Entretanto, contudo, como boa baiana que sou eu amo dendê e leite de coco! Gosto de pimenta e comida pesada. rsrsr Será que vou gostar da moqueca capixaba, mais leve?! Só provando para saber!!! rsrsrs
    A torta capixaba, pela foto, parece nossa fritada! 🙂

    • Viajante Comum
      abril 18, 2017

      Agora fiquei com vontade de provar a fritada, só pra comparar (desculpinha! rs…)

  • Flávio Borges
    abril 15, 2017

    Meu Deus! Esta moqueca parece ser boa demais! Já favoritei pra comprar todos os ingredientes pra tentarmos aqui em casa!

    Um abraço

  • Camila Lisboa
    abril 14, 2017

    Um dos pontos altos da viagem essa moqueca, viu 🙂 Estava maravilhosa!!! Mas eu confesso que o camarão no coco foi a gordice preferida do pocando <3

  • Diego Cabraitz Arena
    abril 14, 2017

    Huuummm que delicia, ver esse post quase na hora do almoço me deu muita fome haha.
    Obrigado por compartilhar haha

  • angiesantanna
    abril 14, 2017

    que comida delicia meodeosss bom saber que é mais suave que a baiana pois não tolero muito pimenta! essa torta capixaba tb parece muito gostosa!

  • Francisco Piazenski
    abril 13, 2017

    A moqueca é algo especial para mim… o conjunto de sabores, a elaboração lenta que forma aquele caldo maravilhoso… meu prato predileto é a moqueca de camarão, porém, ainda prefiro a baiana, apesar de gostar da capixaba também.

  • polianacardozo
    abril 13, 2017

    Aí que delicia! Amo moqueca e morri de vontade de estar com vcs no Pocando.

  • Bruna Luisa
    abril 13, 2017

    Gente, esse post é do capeta! E a gente aqui do outro lado passando vontade…. que sofrimento. Mas está anotado para conhecermos!

    • Viajante Comum
      abril 13, 2017

      huahauhauha! Não falaaa isso! É post abençoado! hahaha!

  • Ana Paula Fidelis
    abril 13, 2017

    Huummm! Fiquei com água na boca depois de ler este post! kkk Que fome!!!
    Maldade, hien?! kkk Abs!

  • Nathalia Depolo
    abril 13, 2017

    O Gaeta, certamente, faz uma das melhores moquecas do estado!

  • Marcelo Ribeiro
    abril 11, 2017

    Nossa! Deu vontade de sair daqui de casa e ir correndo comer a moqueca do Gaeta, ela é maravilhosa!!

What do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *