Assine nossa newsletter e receba todas as novidades em primeira mão!

AS ATRAÇÕES DA FAZENDA PRATINHA NA CHAPADA DIAMANTINA!

A Fazenda Pratinha é um dos complexos ecoturísticos localizados no estado da Bahia. Embora, na maioria das vezes, faça parte do roteiro de quem visita a Chapada Diamantina, a Fazenda Pratinha, tecnicamente falando,  não faz parte do Parque Nacional. É uma propriedade privada.

Fazenda Pratinha na Chapada Diamantina

Acesso principal da Fazenda Pratinha

Está localizada em Iraquara (Gruta de Mel em Tupi Guarani), a uns 75km de Lençóis, a principal cidade-base. É conhecida como cidade das grutas. É lá que estão, por exemplo, a Gruta da Pratinha e a Gruta Azul (que iremos conhecer nesse post), como também a Gruta Lapa Doce e a Gruta da Torrinha. 

Fazenda Pratinha na Chapada Diamantina

Ensaio fotográfico no Rio Pratinha (serviço pago à parte)

Apesar de a Fazenda Pratinha possuir uma área bem extensa, é possível percorrer os principais pontos tranquilamente a pé. É passeio de dia inteiro, então, para aproveitar melhor suas atrações, chegue cedo. 

Fazenda Pratinha na Chapada Diamantina

Rio Pratinha

Logo na entrada há um toldo de madeira com uns cartazes das atividades disponibilizadas na Fazenda Pratinha. Espere um dos guias para ouvir as orientações sobre o funcionamento e as sugestões do que fazer. 

Caso não haja um guia no momento da sua chegada, você pode se dirigir ao balcão de informações paracomprar a sua entrada e tirar alguma dúvida, caso precise.

São várias opções de atividades, entre elas, flutuação na Gruta da Prata (muita procura), stand up, caiaque, pedalinho, sessão de fotos aquáticas, massagens e tirolesa.

QUANTO CUSTA

O acesso à Fazenda Pratinha custa 20 reais. Isso te dará direito a circular nas instalações, ter acesso ao Mirante  e nadar no Rio Pratinha. As demais atividades são pagas à parte.

INFRAESTRUTURA

No balneário há um restaurante e um café que serve sorvetes, açaí e lanches. O almoço é simples, no estilo comida caseira (R$ 49,90, o kilo). Aceita cartão de débito e crédito. Mas não arrisque, leve dinheiro em espécie. No dia que fomos, por exemplo, faltou energia e só estavam recebendo pagamento em dinheiro.

MIRANTE e TIROLESA 

O acesso ao Mirante e à tirolesa da Fazenda Pratinha é feito pela direita, depois do balcão de informações. Chegando no mirante você terá uma vista ampla do Rio Pratinha. É o ponto mais legal pra fotos e a depender do sol, o verde fica incrível!

Fazenda Pratinha na Chapada Diamantina

Mirante da Fazenda Pratinha

A tirolesa é bem pequena. Desce do Mirante até o Rio Pratinha, o que dá uns 85m de distância  e custa 20 reais. 

Fazenda Pratinha na Chapada Diamantina

Mirante e tirolesa vistos do Rio Pratinha

RIO DA PRATINHA

Se optar por não descer pela tirolesa, basta seguir pela esquerda do restaurante. Uma caminhada rápida e sem dificuldade que vai desaguar em uma área arborizada, com uma infraestrutura razoável de mesas, cadeiras e bar. Aqui foi onde gastamos a maior parte dia. Entra na água, sai, bebe, come, entra na água. Um ciclo vicioso dos bons, digamos, rs…

Fazenda Pratinha na Chapada Diamantina

Rio da Pratinha visto do Mirante

Olha a transparência dessa água!

Fazenda Pratinha na Chapada Diamantina

GRUTA DA PRATINHA

De águas transparentes e um brilho tão azul que dá vontade de se jogar! Mas não pode! Infelizmente é proibido nadar na Gruta da Pratinha. Apenas a flutuação é permitida.

Fazenda Pratinha na Chapada Diamantina

Gruta da Pratinha! Um sonho!

O acesso se dá a partir do Mirante por uma escada lateral. Quem não vai fazer a flutuação pode descer para contemplar e tirar algumas fotos.

Fazenda Pratinha na Chapada Diamantina

Acesso à Gruta da Pratinha

flutuação na Gruta da Pratinha é o carro-chefe da Fazenda. O percurso é em torno de 150 metros pelo túnel inundado, considerando a ida e a volta. É feito com máscara, snorkel, colete e lanterna para poder ter visibilidade dos peixinhos e das formações submersas.  O grupo vai junto seguindo o guia. Custa 40 reais.

Fazenda Pratinha na Chapada Diamantina

Visitantes se preparando para a flutuação na Gruta da Pratinha

GRUTA AZUL

O ideal é visitar a Gruta Azul entre duas e três da tarde por causa da incidência do sol. Entre abril e setembro a chance de vê-la super azul é maior. Como fomos quase no final da tarde, não pudemos apreciar o espetáculo ao máximo. Me lembrou muito a Gruta Azul de Bonito.

Fazenda Pratinha na Chapada Diamantina

Gruta Azul na Fazenda Pratinha

O acesso é por uma trilha curtinha de uns 200m, após o Ateliê João de Barro  do Jovem Wendel que esculpe coisas lindas em pedra ardósia. Aproveite a ida à gruta,  conheça o seu trabalho e jogue um pouco de conversa fora. Nós adoramos conhecê-lo! Sem dúvida, o melhor dos lugares são as pessoas. 

Fazenda Pratinha na Chapada Diamantina

Atelier João de Barro na Fazenda Pratinha


LEIA TAMBÉM


Acompanhe a gente nas redes
FACEBOOK | INSTAGRAM | PINTEREST  |  GOOGLE +TWITTER

11 Responses
  • Viajar pela história - Catarina Leonardo
    fevereiro 20, 2017

    Parece ser um local super interessante para passar um belo dia, ou mais!! Já estive 6 vezes no Brasil e só vejo cada vez mais razões para voltar 😉

  • Matheus Crespo
    fevereiro 20, 2017

    Nossa que lugar mais lindo, realmente incrível. Sou louco pra conhecer essa região, achei uma dica super boa.

  • contramapa
    fevereiro 20, 2017

    Como portuguesa, há tanta coisa que desconheço do Brasil! Nunca tinha ouvido falar desse rio Pratinha… mas essas águas transparentes são uma delícia. Acho que quando for ao Brasil tenho de ficar quê…. uns 3 meses!!

  • cynara00
    fevereiro 20, 2017

    Meu filho fez um passeio para a Chapada com uma excursão do colégio, fiquei encantada com os comentários a fotos dele. Moramos em Recife e pretendemos seguir de avião para Salvador e de lá alugarmos um carro até a Chapada. Estamos tentando conciliar as datas de nossas folgas com as férias do colégio dos meninos, queremos muito conhecer e a Fazenda Pratinha está anotada :).

    • Viajante Comum
      fevereiro 20, 2017

      Que legal Cynara! Fiquem hospedados em Lencóis! Vocês vão amar! Que bacana seu garoto se interessar por esse tipo de turismo! Muito bonito! Sua viagem será linda! 🙂

  • Naiara Back
    fevereiro 20, 2017

    Gente! O que é a cor dessa água! Me lembrou muito o Gêres, só que sem essas grutas. Mas conta aí, a água é numa temperatura boa de mergulhar?

  • Turistando com a Lu
    fevereiro 19, 2017

    Adorei as dicas e achei super justo o valor de 20 reais pra entrada. Também amei as fotos, representam a pura beleza do nosso país

  • Camila Lisboa
    fevereiro 19, 2017

    Que fotos maravilhosas de um lugar lindo!

    Ainda não conheço a Chapada Diamantina, mas tá na minha lista faz tempo! Adoro ver posts assim porque me ajudam a planejar 🙂 Obrigada por colocar todos os detalhes de preços 😉

  • Martinha Andersen
    fevereiro 19, 2017

    Waowwww.. Que Lindo!!! que transparência e a cor dessa água. Ainda não conheço a Chapada, mas tenho boas lembranças dos meus pais contando da viagem que fizeram para lá. =)

  • Anderson Kaiser
    fevereiro 18, 2017

    Estamos preparando o roteiro para a Chapada Diamantina, e essa dica veio em boa hora. Vamos já planejar para incluir no nosso roteiro. 😉

What do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *