Assine nossa newsletter e receba todas as novidades em primeira mão!

O que fazer em Budapeste: roteiro pela encantadora capital da Hungria!

A capital da Hungria é linda e guarda um pouco de tudo. História (por vezes não muito feliz), cultura, os famosos banhos termais (herança romana), vida noturna agitada, bom sistema de transporte e o melhor, preços acessíveis.

Sem programar, acabei me deparando com Budapeste e a surpresa não poderia ter sido melhor. As duas partes da cidade, Buda e Peste, unificadas politicamente e separadas geograficamente pelo rio Danúbio, se complementam. A primeira, mais histórica e residencial. A última, mais contemporânea e cheia de atrativos de ‘cidade grande’. E ambas, super interessantes.

Aproveita e já salva essa imagem no Pinterest!

Nesse post, vamos compartilhar algumas experiências e cantinhos para você conhecer a cidade, tanto no lado Buda, quanto no lado Peste. Com nossas dicas você conseguirá montar um roteiro de 2 a 3 dias, enxuto e sem correria.

DICA VC: Se você pretende visitar internamente os principais atrativos, reserve ao menos 3 dias. Parlamento, Castelo de Buda, Igreja Mathias, Basílica de São Estevão, Ópera e Museu do Terror exigem um tempinho a mais.


O QUE FAZER NO LADO PESTE

#1 Caminhar pelo Parque da Cidade de Peste e visitar o Castelo Vajdahunyad

O Parque da Cidade de Budapeste (Parque Városliget) é um dos cantinhos super frequentado pelos moradores de Peste, sobretudo em dias de sol para correr, caminhar, andar de pedalinho ou ficar de boa à beira do lago curtindo a paisagem. 

o que fazer em budapeste hungria

Até o século XVIII, esse parque servia de ambiente de caça para a nobreza.

Dentro do Parque da Cidade está o Castelo Vajdahunyad. O original foi construído para Expo de 1896 e, depois, reconstruído em pedra. A inspiração arquitetônica veio de vários edifícios com estilos variados que fizeram (ou fazem) parte história da cidade. Uma misturada que deu certo. Não é um castelo ‘de verdade’ mas é super lindinho e renderá lindas fotos.

o que fazer em budapeste hungria

Dentro do castelo você vai encontrar o Museu da Agricultura. Não deixe de entrar, caminhar pelos arredores e visitar a capelinha.o que fazer em budapeste hungria

o que fazer em budapeste hungria

#2 Passear na Praça dos Heróis e visitar o Museu de Belas Artes

Saindo do Museu da Agricultura, atravesse a ponte, siga para a Praça dos Heróis e já aproveite para admirar todo o conjunto formado pela praça, Museu de Belas ArtesGaleria de Arte Mücsarnoko que fazer em budapeste hungria

o que fazer em budapeste

Praça dos Heróis (Pixabay)

Se puder fazer uma visitinha mais demorada, não deixe de entrar no museu, há várias peças e obras de artistas famosos de distintas escolas. DICA VC: Se não tiver com o roteiro apertado, aproveite o clima para dar uma volta de pedalinho e/ou tomar uns drinks, antes de seguir para a Praça dos Heróis.

#3 Percorrer a Avenida Andrássy sem pressa

A partir da Praça dos Heróis, comece a percorrer a Avenida Andrássy, uma das mais importantes e emblemáticas da cidade. Um grande boulevard, cheio de lojas famosas, restaurantes, construções art noveau, cafés e os edifícios da Ópera de Budapeste (que oferece visita guiada) e do Museu Casa Terror. 

o que fazer em budapeste hungria

Avenida Andrássy em Budapeste

o que fazer em budapeste hungria

o que fazer em budapeste hungria

o que fazer em budapeste hungria

Detalhe da fachada do Museu Casa Terror

#4 Visitar o Parlamento Húngaro

Sem dúvida um dos edifícios mais bonitos e imponentes da cidade. É o segundo maior parlamento da Europa (o primeiro é o britânico). A visita é super concorrida, então vale se organizar e comprar seu bilhete com antecedência, sobretudo se você tiver pouco tempo na cidade. Dá uma olhada no site oficial.

o que fazer em budapeste hungria

DICA VC1: Chegue um pouco antes da visita para circular por todo o entorno do edifício. Os detalhes são riquíssimos.

o que fazer em budapeste hungria

DICA VC2: Não deixe de passear pelas margem oposta do Rio Danúbio durante a noite. A vista do Parlamento fica ainda mais linda, toda iluminada.

o que fazer em budapeste hungria

#5 Visitar a Basílica de Santo Estevão e almoçar em algum dos terraços

Uma das igrejas mais lindas de Budapeste. Foi erguida em homenagem ao primeiro rei da Hungria (fundador do estado húngaro), que chamava-se Estevão. 

o que fazer em budapeste hungria

Além da visitação, é possível subir até a torre. Dê atenção especial para o interior da cúpula e para o desenho do calçadão na frente da igreja.

#6 Fotografar com as várias esculturas espalhadas pela cidade

E não são poucas! Entre elas, o simpático Policial Gordo, que fica numa das ruas de acesso à Basílica de São Estevão.

o que fazer em budapeste hungria

O poeta húngaro, Attila Jozsef, sentado nas escadarias que ficam na frente do Parlamento Húngaro.

o que fazer em budapeste hungria

E, certamente, uma das mais impactantes, a escultura “Sapatos às margens do Rio Danúbio”, de Can Togay e Gyula Pauer, que faz referência aos judeus mortos na ocasião da Segunda Guerra. 

o que fazer em budapeste hungria

Sapatos às margens do Rio Danúbio

Pixabay

 

#7 Dar uma volta no Elétrico 2 (Tram)

Com esse elétrico é possível percorrer um lindo trecho às margens do Rio Danúbio. Passando pelo Mercado, Parlamento e chegando até a Ilha Margarida (que merece sua visita). 

o que fazer em budapeste hungria o que fazer em budapeste hungria

#8 Esperar o pôr do sol às margens do Rio Danúbio 

Com o tempo bom, muita gente fica por ali, conversando e tomando uns drinks esperando o cair da tarde. Delícia!

o que fazer em budapeste hungria

o que fazer em budapeste hungria

#9 Atravessar a Ponte das Correntes (Chain Bridge)

Atravessar a Ponte das Correntes cruzando o Rio Danúbio para subir até Buda é um momento memorável. Afinal, essa foi a primeira ponte a fazer a ligação entre Buda e Peste. Sofreu bombardeios na 2ª Guerra mas foi reconstruída e hoje é um dos principais pontos turísticos da cidade.

o que fazer em budapeste hungria

Ponte das Correntes em Budapeste

#10 Subir de funicular até Buda e se emocionar avistando o Danúbio 

Esse funicular foi o segundo a ser construído na Europa lá no final do século XIX. Como a gente bateu perna o dia inteiro, foi, sem dúvida, a melhor opção para subir mas, também é possível ir a pé.

o que fazer em budapeste hungria

o que fazer em budapeste hungria

Funicular que liga Peste a Buda

o que fazer em budapeste hungria

Ponte das Correntes sobre o Rio Danúbio

o que fazer em budapeste hungria

DICA VC: O trajeto também pode ser feito a pé. A sugestão é que você suba pelas escadarias que ficam do lado da entrada do funicular e volte pelas escadarias do Bastião dos Pescadores que você deve visitar depois do Castelo de Buda. Se preferir, também dá pra subir de ônibus (n. 16). Ele vai te deixar nas proximidades do Bastião dos Pescadores.


O QUE FAZER NO LADO BUDA

#11 Visitar o complexo do Castelo de Buda 

Subimos pelo funicular mas dá pra subir caminhando também. Tem umas escadarias e uma ladeira. O Castelo de Budapeste é uma das atrações mais visitadas de Buda e o principal motivo da visita ao lado Buda. 

o que fazer em budapeste hungria

A antiga morada dos reis húngaros, atualmente é patrimônio da humanidade. O complexo do castelo engloba biblioteca, igreja, teatro e o famoso labirinto que atualmente está fechado para visitação. 

o que fazer em budapeste hungria

Castelo de Buda visto a partir de Peste

Reserve um tempinho para explorar tudo com calma. Não deixe de caminhar pelo entorno para conhecer os jardins.

#12 Visitar a Igreja de Matias e o Bastião dos Pescadores

Já em Buda, depois de visitar o complexo do castelo, dê uma esticadinha até a Igreja de Matias e Bastião dos Pescadores que ficam localizados na Praça Santíssima Trindade.

A igreja foi fundada no século XIII e já passou por várias reconstruções, mudando inclusive de estilo. Atualmente, ostenta o neogótico. Seu interior é lindíssimo e, no exterior, não tem como não fixar os olhos no telhado de mosaicos coloridos.

o que fazer em budapeste hungria

O Bastião dos Pescadores, construído onde era um mercado e antigo bairro dos pescadores, é um mirante que permite visualizar Peste e o Rio Danúbio de um ângulo incrível. Cada uma das suas 7 torres foi erguida para homenagear as tribos que fundaram a Hungria.

Pixabay

o que fazer em budapeste hungria

Praça da Trindade e Bastião dos Pescadores e estátua do Rei Estevão, ao fundo

E, antes de retornar para Peste, aproveite para tomar uns drinks por ali. O entorno possui alguns lugares bem legais.

Um roteiro delicioso para ser feito a pé e sem pressa.


O QUE NÃO FIZ MAS GOSTARIA DE TER FEITO

Conhecer os Ruin Bars que ficam no bairro judeu (fui em deles super rápido), ir a várias termas, conhecer a Ilha Margarida, passear no Parque Memento, dar um volta no Mercado Público, tomar o chá da tarde no New York Café e provar o Goulash e o flat bread. 

Mercado de Budapeste, um dos programas que não fiz 🙁 (Pixabay)


ONDE SE HOSPEDAR EM BUDAPESTE

Sem dúvida, é melhor escolher sua hospedagem do lado Peste. São muitas opções. Há hostels, airbnb e hotéis mais simples. Utilize a caixa abaixo e já faça uma simulação para ver as opções, comparar os preços e ter acesso a avaliações de quem já se hospedou.


HOSPEDAGENS DE LUXO EM BUDAPESTE

Para você que quer passar por Budapeste deixando rastros de glamour, separamos 10 hotéis maravilhosos. Segue a lista: 


É necessário visto para visitar a Hungria?

Não. Mas o como o país faz parte do Tratado de Schengen (se ainda não sabe o que é, clique aqui), é exigida a contratação de um seguro viagem para turistas.

Se tiver com um tempinho, clique aqui ou coloque seu destino na caixa abaixo para ter uma ideia das condições e valores aplicados por várias seguradoras e, assim, contratar nas melhores condições.

DICA VC: O Blog Viajante Comum conseguiu um desconto de 5% para os seus leitores no Seguros Promo! Basta usar o código VIAJANTECOMUM5.


PENSANDO EM ALUGAR UM CARRO

Se você já tirou esse sonho do papel, informo que a Rentcars, nossa parceira, oferece o serviço, com o bônus de não ter IOF e ainda dividir em 12x. E, pagando no boleto ainda tem desconto. Faça uma cotação aqui!


+ POSTS EUROPA


Nos encontre nas redes: | FACEBOOK | INSTAGRAM | PINTEREST  |  GOOGLE +TWITTER

 Quer saber mais sobre nós? Clique aqui!


14 Responses
  • Camila
    setembro 16, 2018

    Que cidade mais linda, né? E cheia de coisas pra fazer!!! Eita que essa minha eurotrip tá demorando pra sair 🙁

  • Ruthia
    setembro 16, 2018

    Ainda não fui a Budapeste, pelo que espero aproveitar as suas dicas em breve. Mas quero ir no Outono, para apreciar as famosas termas também. Dicas anotadas.

  • Flávia Donohoe
    setembro 15, 2018

    Ficou faltando fazer muita coisa, o seu roteiro está completíssimo, quem dera ter lido ele antes de ter viajado! Quero voltar no verão, pois no inverno quase não deu pra fazer muito desses passeios!

    • Viajante Comum
      setembro 16, 2018

      No inverno o roteiro fica um pouco mais limitado mesmo mas, em compensação, você deve ter visto paisagens incríveis.

  • Patti
    setembro 14, 2018

    Amei as dicas! Fui há muito tempo atras e confesso que nem vi tudo o que você postou… preciso voltar! Parabéns pelo post!

  • Luciane
    setembro 14, 2018

    Poxa não sabia que o labirinto do castelo de Buda está fechado, que pena!! É um passeio super legal

  • Marcia Picorallo
    setembro 14, 2018

    Que cidade linda é Budapeste, e como você disse, surpreendente. Bom viajar virtualmente e dar um pulinho lá novamente…

  • Angela C S Anna
    setembro 14, 2018

    essa cidade fica ainda mais bonita com sol! visitei em janeiro e peguei um dia bem fechado, nem dava pra ver a ponte!

    • Viajante Comum
      setembro 16, 2018

      Sério?! Poxa deve ser uma vibe bem dramática! Queria ter visto…rs..

  • Michela Borges Nunes
    setembro 14, 2018

    Ai que emoção! Isso porque este lugar está na minha lista de sonho e adivinha!! Vamos lá em janeiro! Ah, enviei o post para o marido por email e já guardei no meu email também porque eu adorei cada dica, inclusive dos lugares onde tu gostarias de ter ido. Abraço!

What do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *