Assine nossa newsletter e receba todas as novidades em primeira mão!

DICAS DO JALAPÃO: Como é subir a Serra do Espírito Santo antes do nascer do sol!

Assistir ao nascer do sol depois de percorrer a trilha da Serra do Espírito Santo foi uma das experiências mais incríveis que tivemos no Jalapão. Daqueles dias para guardar na memória e no coração pelo resto da vida. 

 

A façanha exige fôlego. Fôlego e disposição. Acordar 3h30min da manhã e encarar 30km de chacoalho num 4×4 até o pé da serra era apenas o começo mas já insinuava o que viria pela frente.

 

#1 A SUBIDA

Não estamos falando de uma trilha fácil. Fato. A subida íngreme tem em torno de 500 metros mas o sentimento é de quilômetros infindáveis, rs…

Como ainda estava escuro quando chegamos e iniciamos a subida, não conseguimos visualizar a inclinação que enfrentaríamos. Só durante o percurso é que tivemos a noção real.

A alegria era encontrar um dos banquinhos, que alguém, gentilmente, cravou ao longo do caminho. 

trilha da Serra do Espirito Santo

Serra do Espírito Santo, a trilha mais hard e mais lindo do Jalapão | Foto: Cris Andrade

Trata-se de uma verdadeira escalaminhada. O percurso conta, inclusive, com algumas estacas para ajudar na subida. Além da inclinação, a subida ainda está cheia de pedras soltas, então o cuidado deve ser redobrado. É, sem dúvida, um teste de resistência e concentração.  

trilha da Serra do Espirito Santo

Aqui dá pra ter noção de como são alguns dos trechos da subida da Serra do Espírito Santo no Jalapão | Foto: Cris Andrade

O trecho mais fácil da trilha são os últimos 5 metros que é onde tem uma escadinha e um corrimão de cordinha. Mas também há pedras soltas por aqui.

trilha da Serra do Espirito Santo

| Foto: Cris Andrade

DICA VC: Senti falta de um bastão, cajado ou algo do gênero. Se você possuir algum, leve-o pois ajudará bastante.


#2 O NASCER DO SOL

Chegamos ao alto por volta das 5h e 45min e ventava bastante. Por volta das 06h 10min os raios de sol começavam a dar os primeiros sinais.

trilha da Serra do Espirito Santo

Nascer do sol na Serra do Espírito Santo no Jalapão | Foto: Cris Andrade

Havia pessoas de vários grupos. Todos sentados, papeando e esperando o momento mais especial do dia. Realmente, uma vibe incrível.

trilha da Serra do Espírito Santo

Primeiros raios de sol | Foto: Cris Andrade

E, enquanto o sol nascia de um lado, a lua continuava seu espetáculo do outro. É emoção demais para um dia só!

trilha da Serra do Espirito Santo

Nascer do sol na Serra do Espírito Santo no Jalapão | Foto: Cris Andrade

DICA VC: Leve um casaco corta vento ou uma canga, pois venta bastante.


#3 A TRILHA DO MIRANTE

Aos poucos, depois do nascer do sol, as pessoas começaram a se organizar para descer e assim finalizar a escalaminhada que começou durante a madrugada.
E quanto a nós? Nós não. Nós queríamos mais! Então, nada de voltar pra casa, ainda! Percorremos mais três quilômetros no platô da Serra do Espírito Santo até chegar ao Mirante.
trilha da Serra do Espírito Santo

Seis km no total (ida e volta) mas bem tranquilo porque o trajeto é todo plano  | Foto: Cris Andrade

Lá é onde podemos ver de pertinho o processo de erosão e movimentação dos sedimentos que formam as dunas. O vento forte permitiu, inclusive, que pudéssemos ver a movimentação de uma grande quantidade de areia. Um show!

trilha da Serra do Espírito Santo

Dunas a partir do mirante da Serra do Jalapão  | Foto: Cris Andrade


#4 O RETORNO

Como o trajeto é bem íngreme, a descida também tem que ser muito cuidadosa.

trilha da Serra do Espírito Santo

| Foto: Cris Andrade

Levamos mais tempo porque agora, como já havia sol, dava pra ver o incrível horizonte do cerrado, então as paradas para fotografar foram muitas.

trilha da Serra do Espírito Santo

Olha que visual! | Fotos: Cris Andrade

trilha serra do espirito santo jalapão

Trilha que se percorre (a pé ou de carro) antes de começar a subida   | Foto: Cris Andrade

 

Foi, realmente, uma dia inesquecível! Mas lembre-se, nessa aventura, respeitar nosso limite é o mais importante.

Se você quer muito subir mas acha que não está em forma, suba bem devagar. Pare, dê a vez aos apressados e siga sua caminhada tranquil@.

E lembre-se, a subida tem que ser sempre com um condutor.

trilha da Serra do Espírito Santo

| Foto: Cris Andrade

QUANDO IR

Maio a Setembro | É o período considerado de seca. Fomos no mês de setembro e tivemos acesso a um nascer do sol limpo e sem nuvens.

Outubro a Abril | Esse normalmente é o período das chuvas, então, corre o risco de estar nublado e a visibilidade do nascer do sol não ser das melhores. Mas tudo é possível.


IMPORTANTE SABER

  • Durante a subida ainda está escuro. Leve uma lanterna;
  • Orientam que as meninas usem calça legging mas eu fui de short e não me arrependo porque esquentou muito durante a subida. Só tive que ter cuidado redobrado com alguns galhos.
  • Como se trata de uma escalaminhada, em alguns lugares você vai sentir a necessidade de apoiar a mão. Ilumine antes para não tocar em algum inseto.
  • Leve um casaco corta vento, pois no topo venta bastante. Uma canga também pode ser uma boa opção.
  • Leve água e alguns lanchinhos mas nada de mochila muito pesada pra não atrapalhar o trajeto.

+ DICAS DO TOCANTINS


+ DICAS DO JALAPÃO


ONDE FICAR EM PALMAS E NO JALAPÃO 

Em Palmas, ficamos hospedados no Mac Hotel e no Ibis Styles Palmas  (na ocasião era Zii Hotel) e gostamos do serviço de ambos. Veja aqui como foi nossa experiência nas duas unidades.

Já no Jalapão, ficamos hospedados em Mateiros, na Pousada Jalapão. Instalações simples mas tudo muito limpo e comida caseira de primeira. Se pretende buscar outras opções, utilize a caixa de pesquisa abaixo, coloque a data da sua viagem e faça uma simulação para encontrar outras opções e comparar os preços.

 

JALAPÃO POR CONTA PRÓPRIA 

Pretende fazer essa viagem por conta própria? É importantíssimo que você tenha um guia, sobretudo se é sua primeira vez na região. E, mesmo que tenha carro, sugerimos que alugue um 4×4 porque só ele para aguentar, de verdade, os trancos das estradas de chão do Jalapão.

Rentcars, oferece o serviço, com o bônus de não ter IOF e ainda dividir em 12x. E, pagando no boleto ainda tem desconto. Faça uma cotação aqui!


Encontre a gente nas redes
FACEBOOK | INSTAGRAM
PINTEREST | TWITTER

melhores passeios do jalapao


Foto Capa | Cris Andrade

signature
18 Comentários
  • Edson Amorina Jr
    outubro 5, 2017

    Oi Cris, que lugar mais lindo e realmente valeu todo o esforço para ver esse nascer do sol. Minha irmã viajou para aí no inicio do ano, uma pena eu não ter ido junto.

  • Nossa, Cris, que lugar abençoado. Parece até que vamos ver dinossauros correndo por aquele platô. E que subidinha sem jeito, hein (parodiando o Auto da Compadecida kkkk)?

  • Robba Caravieri
    outubro 2, 2017

    Embora não seja pra mim (risos) eu adorei a história e o passeio, as fotos ficaram incriveis e o lugar deve ser realmente muito maravilhoso! Um abraço pra vc!

  • Contramapa
    outubro 2, 2017

    Que bela trilha! Tenho conhecido o Jalapão através dos muitos posts dos bloggers brasileiros e é algo que me tem fascinado. Quando for ao Brasil, vou ter mesmo de visitar. E fazer a trilha do Mirante, que adorei!

  • Paola
    outubro 2, 2017

    Que delícia de post! Quando penso em Jalapão só me vem a cabeça aquela água linda, então eu nunca tinha visto esse outro lado das trilhas. Achei incrível tb! Esse lugar deve ser lindo de tantas maneiras! Ainda quero muito ir!

  • angela sant anna
    outubro 1, 2017

    que paisagem incrível! eu adoraria fazer esses trekkings ai nessa região, é tudo muito diferente de onde eu vivo no sul…só ia ter problema com o retorno, como é íngreme, é capaz que eu vire o pé pela oitava vez haueha

    • Viajante Comum
      outubro 2, 2017

      Menina, foi bem desse jeito! Cada pisada um flash! Descida nervosa! rs…

  • Juliana Moreti
    outubro 1, 2017

    Aplaudo quem tem esse pique! Faço parte do grupo de pessoas (preguiçosas) que preferem assistir o pôr do sol
    hahahahah
    Sou uma pessoa muito noturna e nunca conseguiria acordar às 3h30 para ir atràs de um nascer do sol, mesmo sendo um espetàculo como este que vc viu!
    😉

    • Viajante Comum
      outubro 1, 2017

      Na verdade foi mais que um nascer do sol… mas só indo pra saber… Mas confesso que sou do seu time na maioria das vezes…rs…. Beijos!

  • Susana - Viaje Comigo
    outubro 1, 2017

    oi! Adorei essa sugestão de passeio! Que paisagens lindíssimas e que bom é o contacto direto com a natureza! Não conheço essa região do Brasil, mas tenho muita vontade de conhecer. Boas viagens!

    • Viajante Comum
      outubro 1, 2017

      Essa região é riquíssima de belezas naturais! Vale a pena reservar um tempinho para conhecê-las! Beijocas!

  • Tina Wells
    outubro 1, 2017

    Muito incrível mesmo! Mas vou me contentar com suas belas fotos e seu relato pois meu espírito aventureiro não veio nessa encarnação!

Comente aqui!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *